Das senhoras

Eu só queria te contar das minhas velhas senhoras, emolduradas nas janelas, com os cotovelos de fora, narrando saudades de seus tempos. Se pintavam de vermelho quando a rua ficava colorida – com bandeirinhas e fitas cortando o céu. Se vestiam floridas quando a missa descia o morro de pedras.

Ainda continuam comigo, em cima da mesa, amareladas e fechadas sob uma capa gasta.

(“Das senhoras” foi publicado originalmente como a parte III do texto Quarto, que pode ser conferido aqui)

Anúncios

Sobre Buendía

"Eu faço samba e amor até mais tarde e tenho muito sono de manhã" Ver todos os artigos de Buendía

Uma resposta para “Das senhoras

eu li e...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: